Mauá recebe o projeto nacional Muros na Mata Atlântica 

Cidade ganhará painel multicolorido, assinado pelo muralista Filiage, celebrando a biodiversidade da Mata Atlântica. Projeto, que também inclui atividades educativas, é apresentado pelo Ministério do Turismo – Secretaria Especial da Cultura com o patrocínio da AkzoNobel 

Mauá (SP), 26/11/2021 – Situada no ABC paulista, Mauá é uma das dez cidades brasileiras a ser presenteada com um mural multicolorido, assinado pelo artista plástico Filiage, como parte do Projeto Muros na Mata Atlântica, concebido com a proposta de trazer a exuberância da natureza para o espaço urbano das metrópoles. 

Em Mauá, o painel de aproximadamente 30 metros quadrados será pintado a partir de segunda-feira (dia 29) em duas paredes externas nas instalações do CEU – Centro de Artes e Esportes Unificados, localizado na Rua América do Norte, 17, Parque das Américas. A previsão é a de que a obra esteja concluída até a primeira semana de dezembro, dependendo das condições climáticas. 

Viabilizado pela Lei de Incentivo à Cultura, do Ministério do Turismo – Secretaria Especial da Cultura, Muros na Mata Atlântica tem o patrocínio da AkzoNobel, por meio da Coral e do movimento Tudo de Cor, iniciativa sociocultural sustentável do grupo para o fomento de ações voltadas a colorir e restaurar áreas urbanas. A produção executiva do projeto é da Track Comunicação e Eventos, de Campinas, com parceria da Secretaria de Cultura e Juventude da Prefeitura Municipal de Mauá. 

“O propósito do projeto é presentear as comunidades com murais que, além de valorizar e impactar o entorno das áreas onde serão pintados, celebram a biodiversidade, animal e vegetal, e chamam a atenção para a urgência de preservação do que resta de Mata Atlântica”, afirma Filiage. 

Para Elaine Poço, diretora de Pesquisa & Desenvolvimento e Sustentabilidade da AkzoNobel para a América do Sul, a iniciativa está totalmente alinhada ao nosso Movimento Tudo de Cor, que ao longo de mais de 10 anos de história já entregou mais de 2 mil projetos, com 17 mil imóveis renovados, 5,5 mil pintores formados e 1,1 milhão de litros de tinta utilizados. 

“O apoio ao projeto está em consonância com o nosso compromisso com a sustentabilidade, com a valorização das manifestações artístico-culturais e com o incentivo de ações que buscam contribuir para a revitalização do espaço social e para impactar positivamente a vida das pessoas”, afirma. 

Além de colorir os espaços públicos e empoderar as pessoas, a AkzoNobel também está comprometida em reduzir seu impacto no planeta. Um exemplo é a Reserva Coral Tangará, localizada no entorno da unidade da companhia na mesma cidade, que faz parte de um projeto da empresa em aumentar a conservação ambiental e restabelecer a vegetação original da Mata Atlântica. Com 700 mil m2, a área corresponde a quase 10% da mata nativa do município. 

Natureza é a inspiração 

Filiage trabalhou como ilustrador publicitário em São Paulo e viveu nove anos na Espanha. Lá, tomou contato com o trabalho de muralistas que o inspiraram a seguir a trajetória da pintura mural. De volta ao Brasil, fez vários trabalhos, desenvolvendo uma técnica de pintura multicolorida e de formas estilizadas, utilizando nas imagens plantas e animais típicos dos locais onde as obras são realizadas, com influência da Pop Arte e da ilustração norte-americana. 

“A Mata Atlântica, que originalmente cobria quase todo o litoral brasileiro, hoje está reduzida a menos de 10% de sua cobertura original. Na região antes coberta por sua exuberante vegetação e lar de centenas de espécies de animais, hoje moram cerca de 70% da população brasileira, que são convidados a participar do esforço fundamental de preservação e recuperação desse inigualável patrimônio natural”, enfatiza Filiage. 

Muros na Mata Atlântica é, portanto, uma alusão à expansão urbana para o interior do bioma. “São os muros que colocamos dentro da mata. De forma poética, ao pintar os murais trago a mata de volta ao seu lugar de direito”, conceitua o autor do projeto. 

Ele nota que as finalidades do projeto estão em sintonia com a Agenda 2030, dos Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da Organização das Nações Unidas (ONU), e em particular com os compromissos que estipulam o uso sustentável dos ecossistemas terrestres. 

Imagens impactantes 

O mural que será pintado por Filiage no CEU das Artes e do Esporte, em Mauá, reproduzirá espécies da flora e da fauna do bioma Mata Atlântica. A escolha dos elementos tem a orientação da esposa do artista, Patrícia, que é bióloga. 

O minucioso trabalho envolve a utilização de uma paleta de aproximadamente vinte cores, entre tons básicos e nuances, aplicadas com pincel, rolo e revólver pulverizador. Será utilizada na composição do painel tinta esmalte sintético à base de água, que protege superfícies externas ao mesmo tempo em que é mais amigável ao meio ambiente. O resultado da técnica empregada por Filiage confere relevo e realismo às imagens. 

Eventos formativos 

Mauá é a segunda cidade a receber o Projeto Muros na Mata Atlântica, que foi aberto em Campinas (SP) e será levado também à capital de São Paulo (dois murais), a São José do Rio Preto, em São Paulo; Curitiba (dois murais) e Foz do Iguaçu, no Paraná; Joinville e Florianópolis (dois murais), em Santa Catarina; e Gramado e Porto Alegre (dois murais), no Rio Grande do Sul. 

“A arte tem o incrível poder de transformar um simples muro em uma obra artística. Por isso, além de levar beleza às ruas e valorizar o talento do artista por meio de intervenções que proporcionarão mais cor e relevância ao espaço urbano, o projeto também contempla ações formativas para o público”, explica a produtora cultural Silvia Maria Track, diretora da Track Comunicação. 

Estão previstas nas cidades que receberão o projeto eventos como palestra sobre a Mata Atlântica para estudantes, professores da rede pública de ensino e demais interessados no tema; e uma visita guiada ao mural com deficientes visuais, auditivos e cognitivos, auxiliados por monitores de entidades assistenciais, como incentivo a que pessoas com deficiência possam apreciar a arte por meio de outros sentidos. Essa atividade requer o agendamento prévio das instituições interessadas nas Secretarias de Cultura dos respectivos municípios. 

Mauá terá palestra e visita guiada ao painel 

Em Mauá, acontece no dia 3 de dezembro, das 9h30 às 10h30, uma palestra sobre a Mata Atlântica para alunos da E.E Hans Grudzinski, no Parque das Américas. Na mesma data, quando é celebrado o Dia Internacional da Pessoa com Deficiência, está prevista uma visita guiada para pessoas com deficiência conhecerem detalhes do painel e do Projeto Muros na Mata Atlântica.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s