Projeto de Lei pede vacinação de grávidas

A Deputada Estadual Marina Helou (REDE) protocolou um projeto de lei e fez uma indicação ao governador paulista, João Dória, que inclui grávidas, lactantes e puérperas, com ou sem comorbidades, no plano prioritário de vacinação contra a Covid-19 no estado de São Paulo.

“Apesar de já existir uma recomendação do Min. da Saúde para vacinação de grávidas e puérperas com doenças pré-existentes, sabemos que não há uma coordenação nacional de vacinação funcionando, as ofertas de imunizantes não são uniformes e que as mulheres grávidas, lactantes e puérperas, independentemente de terem comorbidades ou não, não podem esperar que o governo federal se organize, por isso apresentei este projeto e fiz uma indicação ao governador João Dória para que sejam incluídas no grupo prioritário”.

O Brasil é o país com maior número de casos de morte de mulheres grávidas e no pós-parto por coronavírus. Além disso, pesquisas recentes comprovam que os anticorpos da mãe vacinada são transmitidos pelo leite materno. Essa é uma estratégia que, para além dos pontos já apresentados, fortalece o aleitamento materno e protege mães e bebês!

Da Assessoria

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s