Governo de São Paulo determina plano emergencial para liberar Marginal Tietê após acidente

Governador prestou apoio a funcionários e moradores e se reuniu com engenheiros de concessionária para apuração de causas de desmoronamento

O Governador João Doria esteve, no início da tarde desta terça-feira (1), no local do desmoronamento ao lado de um poço das obras do Linha 6-Laranja do Metrô, na zona oeste de São Paulo. Ele se reuniu com engenheiros da Acciona, que é a concessionária responsável pela construção da Linha 6.

Doria determinou rapidez para apuração das causas do acidente, que não deixou vítimas, e a elaboração de um plano emergencial de desobstrução do tráfego da Marginal Tietê no trecho afetado.

“Vim pessoalmente ao local para dar apoio aos funcionários da obra e moradores dos arredores que presenciaram o acidente. Felizmente, não houve feridos”, afirmou Doria ao chegar ao trecho afetado.

O Governador determinou que a concessionária Acciona identifique imediatamente as causas do acidente. Além disso, a empresa deve elaborar, em conjunto com a Prefeitura de São Paulo, uma solução para normalização do trânsito na Marginal. “É a prioridade número um”, afirmou Doria.

Além disso, Doria também confirmou que a Acciona será questionada sobre as possíveis soluções de engenharia para que as obras da Linha-6 possam ser retomadas no menor prazo possível.

O objetivo do Governo de São Paulo é que o cronograma da obra seja mantido em relação a prazos, mas com prioridade para a segurança de todos os trabalhos no local afetado pelo acidente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s