5 erros que poderão fazer o eleitor votar no seu adversário

No primeiro momento em que nos deparamos com a pré-campanha, chegam também as desavenças, ameaças e principalmente os oportunistas de plantão. Um pré-candidato e sua equipe devem ficar muito atentos aos menores movimentos, onde será observado e julgado pelos eleitores. Nada de grave. É tudo muito fantasioso quando começam os candidatos a se movimentarem.

O eleitor já tem a pré-disposição de que se não for atendido no pedido prontamente feito, diz que vai votar em outro candidato. E se o outro candidato também não atender? Vai buscar um terceiro, um quarto e vai ficar sem o favor se ninguém der. Mas a percepção para em você é que: “se eu não atender perco meu voto”. A impressão é ruim, mas o desfecho não é esse.

Divido em dois grupos os eleitores que chegam no candidato. O primeiro tem uma necessidade e o segundo vem na malandragem. O segundo grupo pode despachar no primeiro momento. Mas o primeiro grupo, o das necessidades, estão procurando muito mais que a troca direta pelo favor, por isso ao se encontrar com eleitores do grupo das necessidades não cometa esses erros:

1 – Não deixe de olhar diretamente nos olhos do eleitor. As vezes, o eleitor veio buscar apenas acalento que pode estar disfarçado de favor.

2 – Faça o eleitor perceber que o momento em que está com você é único e só estão vocês dois, embora possam estar rodeados de pessoas. Não importa, a personalização da conversa e a particularidade do assunto, faz-se notar a importância que você está dando à fala dele.

3 – Não atenda ou confira suas mensagens no celular enquanto estiver com o eleitor. Esta sugestão serve para qualquer coisa que você faça na sua vida. Os grandes políticos, ministros, governadores e empresários de destaques, não vivem grudados no celular. As coisas acontecem automaticamente e são atraídas até você.

4 – Após o encontro, não deixe o eleitor “no vácuo”, ou seja, acabou aquele encontro, acabou a conexão. Sua equipe deve manter acesa a chama pela qual você o atraiu. Neste quesito você deve ter uma equipe muito competente e treinada, para continuar o relacionamento

5 – Se o pedido não for de sua competência, ilegal ou difícil de ser realizado, pode dizer francamente para que ele não alimente uma esperança, embora você irá buscar uma solução. Caso não tenha, diga que encaminhará a quem de direito for, mas não assuma para si, o que não será possível atender.

Esse contexto lhe dará muito mais credibilidade sedimento a opinião pública que vai entender e preferir uma pessoa mais verdadeira ao que o mercado eleitoral oferece. Não existem mais bobos nem menos inteligentes. Cuidado que o eleitor cresce, se atualiza, se qualifica exatamente como você. 

MAPA do voto

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s