Empresa de Rio Grande da Serra aponta indícios de irregularidades em licitação e obra da prefeitura

30 de Setembro de 2021 – O empresário Abias Rodrigues de Assis proprietário da Via Precisa acionou a justiça pelo seu direito de participar da licitação e ainda fez apontamentos de crimes ambientais.
Mais um caso pode abalar o governo de Claudinho da Geladeira (PSDB) em Rio Grande da Serra. O Empresário Abias Rodrigues (54), morador da cidade contou que entrou em uma licitação para executar obras de pavimentação e infra-estrutura de ruas do Parque América em Rio Grande da Serra.

Veja o relato do empresário:
“Eu entreguei a documentação como manda a lei e cumpri todas as etapas da licitação, simplesmente a administração do Claudinho inabilitou minha empresa de participar alegando que faltavam informações o que no caso minha empresa não é obrigada por lei a fornecer, eu entrei na justiça, ela por sua vez ordenou que as obras fossem paralisadas, oque não foi acatado pela prefeitura, pois ela continua com a obra a todo vapor”. Disse Abias.
Crime administrativo
“Não sou advogado, mas entendo que o governo cometeu crime de responsabilidade, ele não publicou o documento do fórum no portal da transparência informando a paralisação das obras nem tão pouco acatou ordem judiciária”.
Crime Ambiental
“Além de não paralisar a obra, eles estão calçando as ruas com entulho, o que é proibido por lei, na verdade deveriam colocar pedras, o mais chocante é que estão retirando terra e jogando na mata, toda a cidade é área de proteção permanente a terra tirada das ruas deve ser dispensada na Lara empresa autorizada por lei para receber esse tipo de material. Rio Grande da Serra é área de Mata Atlântica protegida por lei”.
Conclusão
“Alertei o prefeito e seus secretários do que estava acontecendo de errado e as inúmeras irregularidades que seu governo estava cometendo somente no meu caso, mas foi em vão, me disseram para seguir a lei, é o que estou fazendo, moro em Rio Grande da Serra á muitos anos e não consigo entender porque meu orçamento mais barato não conseguiu vencer essa licitação e uma empresa de fora da cidade com valor maior está executando uma obra de forma irregular”. Finalizou Abias.

O que diz a prefeitura:

Em contato via telefone o Secretário de Comunicação de Rio Grande da Serra Adailson da Gama Santos afirmou que o processo de licitação está dentro da lei e que o segundo colocado tem o direito de buscar seus direitos.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s