CAPS promove palestra sobre sofrimento psíquico na população LGBTQIA em Ribeirão Pires

Orientação contou com informações e dinâmicas, a fim de promover o respeito à diversidade

No dia internacional do orgulho LGBTQIA+, o CAPS (Centro de Atendimento Psicossocial) de Ribeirão Pires promoveu palestra sobre o sofrimento psíquico desta população. Com o objetivo de conscientizar, quebrar preconceitos e promover o respeito, orientadores informaram os usuários do serviço.

“É sobre repensar pensamentos, falas e atitudes em relação ao outro. Temos que tirar os pré-conceitos e pré-julgamentos por isso, essa orientação” comentou Juliana Teles, psicóloga do CAPS.

Um dos usuários relatou que é preciso maior respeito da sociedade, mas, o difícil é a aceitação familiar. “Da sociedade queremos respeito; da família aceitação, e é dentro de casa que às vezes nem o respeito se tem”.

Francys Gonçalves, enfermeiro, que ajudou na palestra, explicou os conceitos da sigla LGBTQIA+. “Antigamente a sigla era GLS, que haviam muitos simpatizantes, normalmente héteros a favor do movimento. Hoje, a sigla diz respeito as Lésbicas, Gays, Bissexuais, Transsexuais, Queer, Interssexual, Assexuado e o ‘mais’ abriga todas as possibilidades de gêneros e orientações sexuais”, informou.

A palestra também contou com a entrega de livretos informativos e dinâmicas, uma delas com a seguinte mensagem: “Vamos semear o amor de todas as formas”.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s