BRT-ABC criará nova ligação de transporte público entre Santo André e a capital

Projeto do Governo do Estado, que beneficiará também São Caetano e São Bernardo, foi anunciado nesta sexta no Palácio dos Bandeirantes

Santo André, 7 de maio de 2021- O governador João Doria apresentou nesta sexta-feira (7), em reunião no Palácio dos Bandeirantes, o projeto do BRT-ABC, um sistema de transporte rápido que conectará com ônibus, por meio de corredores exclusivos, os municípios de Santo André, São Caetano do Sul e São Bernardo do Campo a São Paulo.

A estimativa do governo estadual é finalizar as intervenções operacionais até o próximo ano e o início da operação total até 2023. As obras terão investimento exclusivo da iniciativa privada da ordem de R$ 859 milhões.

“Este novo modal escolhido foi o mais apropriado e eficaz para avançarmos ainda mais na pauta da mobilidade em nossa cidade. A instalação e operacionalização do BRT-ABC em Santo André vai agregar avanços importantes, seja no conforto e agilidade no deslocamento para trabalhadores e estudantes da Fundação Santo André e Fundação ABC, como também na questão econômica, que será impactada positivamente, à medida que a transformação viária acontece”, destacou o prefeito Paulo Serra.

O BRT-ABC terá capacidade para transportar 115 mil pessoas por dia e prevê 18 quilômetros de via expressa, com 20 paradas, três terminais e uma frota de 82 ônibus elétricos, com ar-condicionado, silenciosos e não poluentes. O sistema de integração dos municípios da região do ABC com a capital fará o trajeto de ponta a ponta, do terminal São Bernardo ao Terminal Sacomã, na capital, em 40 minutos na modalidade expressa.

“Estamos muito felizes de assinarmos o projeto do BRT do ABC. Esse é o primeiro BRT aqui no estado de São Paulo, que vai permitir a ligação de áreas importantes do Grande ABC. Uma iniciativa que exigiu estudos, planejamento, análises, para permitir que com essa alternativa, com esse modal, oferecêssemos o menor tempo possível ao menor investimento viável e, principalmente, em um tempo reduzido de implantação. Nós temos que ter pressa para atender aqueles que precisam de transporte coletivo de qualidade”, destacou Doria.

A obra será iniciada após a conclusão do projeto executivo em andamento, com previsão de entrega e operação total em 2023. A empresa Metra será a responsável pela implantação e gerenciamento, e terá direito a 25 anos de exploração da concessão. O sistema se conectará à CPTM, Metrô, Expresso Tiradentes, linhas da SPTrans e ao Corredor ABD.

Na estação Tamanduateí o passageiro terá a opção de acessar a Linha 2-Verde do Metrô ou a Linha 10-Turquesa da CPTM, onde terá a opção de seguir até a estação Sacomã, integrando também ao Expresso Tiradentes.

O vice-prefeito Luiz Zacarias esteve presente na reunião de apresentação do BRT-ABC nesta sexta no Palácio dos Bandeirantes e destacou o impacto que esta obra terá na região. “Se trata de um sonho antigo e a obra agora vai acontecer. Ela não será importante apenas na questão viária, mas pela infraestrutura que será embarcada próximo aos pontos e paradas. A região da rua Afonsina, que terá uma estação, sofre com enchentes e a construção concomitante do piscinão Jaboticabal, vai resolver também este problema de décadas na região”, comemorou.

Faixas exclusivas – O BRT-ABC vai oferecer aos passageiros deslocamento rápido e seguro. Os ônibus irão se deslocar em faixas exclusivas, sem qualquer interferência de outros veículos ou do trânsito nas vias. Semáforos inteligentes serão capazes de identificar os ônibus do BRT, priorizarão a abertura, fazendo com que não fiquem esperando parado no farol.

O conforto e a acessibilidade estão presentes em todo projeto. O piso será em nível da plataforma, facilitando o embarque e desembarque de passageiros; especialmente crianças, idosos e pessoas com deficiência. O pagamento da passagem será nas estações para evitar filas e diminuir o tempo de paradas.

“O BRT-ABC vai levar os passageiros de modo eficiente e absolutamente coerente com a demanda da região, de acordo com os estudos de origem-destino realizados. Todos os investimentos da implementação serão feitos pela iniciativa privada, fiscalizados pelo estado”, finalizou o secretário dos Transportes Metropolitanos, Alexandre Baldy.

| Texto: Daniel Betega
dabetega@santoandre.sp.gov.br / 4433-0142
| Fotos: Angelo Baima/PSA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s