Sargento Simões mostra um novo jeito de fazer política na Câmara Municipal de Mauá

O ano começou com muitas novidades na Câmara Municipal de Mauá e uma delas é o vereador Sargento Simões, eleito para o primeiro mandato pelo Podemos. O Sargento Simões foi um dos vereadores que se colocaram contrário à proposta do prefeito Marcelo Oliveira (PT) de reajustar o IPTU 2021. “O prefeito mandou um Projeto de Lei para Câmara para barrar o aumento automático do IPTU, mas também pediu o reajuste de 4,77%. Fui contrário a esse aumento e assinei uma emenda coletiva com os demais vereadores para que o IPTU 2021 seja congelado. Estamos vivendo um momento difícil, a pandemia levou empregos e renda de muitos pais e mães de famílias, não podemos aumentar impostos agora”, afirmou o vereador.

Simões tem se mostrado atuante não só nos corredores da Câmara, mas também no plenário e nas redes sociais. O parlamentar tem usado as redes para dialogar o cidadão mauaense. “Sempre usei as redes sociais como forma de expor minhas ideias e manter contato com meus amigos. Hoje, faço como forma prestação de contas em tempo real, além de falar sobre os problemas da cidade”, explicou.

O vereador Sargento Simões também tem feito duras cobranças à Mauá Luz, empresa que detém o contrato de prestação de serviço de iluminação na cidade. “Fui até a Secretaria de Serviços Urbanos e conversei com o secretário Fernando Rubinelli para solicitei a planilha de custos desse contrato que não é barato e é pago pela taxa de iluminação, a famosa CIP cobrada na conta de luz de toda residência, todo comércio e todas indústrias de Mauá. Eu tenho andado muito pela cidade e todos os dias me deparo com ruas sem luz decente. Além de um desperdício de dinheiro do povo, também temos um problema de segurança com as ruas escuras. Mauá não suporta mais esse tipo de absurdo. Fui eleito para fiscalizar e trabalhar para o povo de Mauá, quero fazer um grande mandato e deixar um legado de muito trabalho e amor por essa cidade”, disse o parlamentar.

Vereador sem perder as raízes, Sargento Simões protagonizou um dos fatos mais inusitados na Câmara Municipal, quando o policial de reserva abordou dois homens usando drogas no Paço Municipal. “Estava no estacionamento da Câmara quando senti um cheiro de cannabis (maconha), logo avistei dois homens e os abordei. Fiz uma conversa não só de policial reformado, mas como pai. Pois muitas vezes deixo de frequentar o Paço e o Parque da Juventude com o meu filho e a minha família sabendo da situação que esses espaços estão, com gente fazendo uso de droga abertamente. Eu não vou ficar de braços cruzados vendo o cidadão de bem deixar de usar os equipamentos públicos por medo e insegurança. Se aqui do lado do gabinete do prefeito estamos assim, quem dirá nos bairros mais afastados da cidade. Não vamos tolerar isso”, argumentou.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s