Marcelo Oliveira sofre primeira derrota na Câmara Municipal de Mauá

Em menos de um mês governo petista tem proposta de reajuste do IPTU derrubada por vereadores do “Grupo G14”.

Segue nota abaixo:

O momento é de austeridade, não de aumento de impostos”.

Vitória do povo! Hoje em sessão extraordinária pedida pelo Governo, congelamos o valor do IPTU e recusamos a proposta do Governo de reajuste de 4,77 % de aumento no imposto 2021.

Estamos num momento difícil com a pandemia do Coronavírus, e não tem cabimento aumentar imposto . Assim, reafirmamos nosso compromisso de fazer uma Câmara que represente o cidadão mauaense, e portanto não vamos admitir que mais uma vez a conta fique para o povo trabalhador de Mauá.
O placar da votação em dois turnos foi de 13 votos a 6 favoráveis a não haver aumento.
Os vereadores Neycar, Samuel Enfermeiro e Ricardinho da Enfermagem não compareceram.
Votaram contra o aumento do IPTU os seguintes vereadores :

Admir Jacomussi
Sargento Simões
Eugênio Rufino
Leonardo Alves
Márcio Araújo
Vaguinho do Zaíra
Wiverson Santana
Jairo Michelangelo
Mazinho
Madeira
Wellington da Saúde
Renan Pessoa
Alessandro Martins

  • o presidente Zé Carlos Nova Era também é contrário ao aumento do IPTU

Vereadores favoráveis ao aumento do IPTU :

Chiquinho do Zaíra
Irmão Ozelito
Jotão
Pastor Valdeci
Júnior Getúlio
Geovane Corrêa

Fonte: Jornal Mauá Hoje.

2 comentários sobre “Marcelo Oliveira sofre primeira derrota na Câmara Municipal de Mauá

  1. Parabéns pela Vitória do povo de Mauá que não aguenta tanto impostos e a Sama com esgoto e Eletropaulo e prefeito nem um toma providências parabéns a vcs vereadores que votaram esse almento abusivo agora vcs tem que que pedir ama investigação nesse lixo de empresa do Donizete Braga e trazer a Leblon de volta pra Mauá daí vcs ganha mais um 10 o Donizete Braga e amigo do Marcelo Oliveira não damos moleza se eu tivesse ganhado pra vereador era a primeira coisa que eu ia fazer ajudar nossa cidade de forma legal trazendo a Leblon de volta pra Mauá mais eu creio em vcs vereadores fiquem com Deus

    Curtir

  2. em época de crise em que temos que vender o almoço para comprar a janta não se pode é inadmissível que tenha reajuste de impostos muito pelo contrário teria é que haver um projeto de isenção de impostos ou redução nas taxas, como sempre diz o Boris Casoy isto é uma vergonha….

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s