Vídeo da reunião de Bolsonaro causa impacto e reações diversas pelo país

Presidente também é contra entregar o seu celular e de seu filho Carlos Bolsonaro a pedido do ministro Celso de Mello.

O tão esperado vídeo da reunião ministerial, apontado pelo ex-ministro Sérgio Moro como prova da interferência do presidente na Policia Federal foi divulgado. Ele foi liberado a pedido do Ministro Celso de Mello com cortes em partes consideradas estratégicas onde supostamente se discute questões comerciais com a China.

Os áudios, contém muitos palavrões e palavras de baixo calão, porém deixam claro os ataques dos ministros ao Supremo Tribunal Federal, sua vontade expressa de interferir na Policia Federal, e sua vontade em armar o povo brasileiro.

O Ministro Ricardo Salles comenta que tem que aproveitar o momento da pandemia onde só se fala de coronavírus, para acelerar as medidas em cima das questões do meio ambiente. Sobre a questão do auxilio emergencial Bolsonaro disse que não podem ficar com essa “Trosoba” pênis de tamanho acima do normal por mais tempo.

A ministra Damares Alves pede a prisão de Governadores e Prefeitos que estariam passando em cima dos direitos humanos.

Em outro trecho o Presidente da Caixa Pedro Guimarães afirma que estava sofrendo a pressão por conta da situação da liberação de recursos e que a Rede Bandeirantes estava pedindo dinheiro. Hoje Pedro Guimarães disse que seu comentário estava conturbado por conta da situação e da pressão enfrentada pela situação

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s