Luiz Claudio Marcolino defende projetos de Moradias,Cultura e Lazer para melhorar a qualidade de vida dos moradores do estado de São Paulo

Em entrevista ao Jornal TEMPO REAL, o pré-candidato a deputado estadual, Luiz Claudio Marcolino defendeu que o governo Paulista invista nos setores de Habitação,Cultura e Lazer, para melhorar a vida dos moradores do estado de São Paulo, além de um governo responsável nas ações para geração de emprego e renda,saúde, transporte, entre outros.

E que lutará também para que os funcionários públicos estaduais tenham um salário decente e planos de carreira.

TEMPO REAL- Agradecemos ao senhor por ter aceito a conversar conosco sobre alternativas políticas para melhorar a qualidade de vida de nosso povo, em especial, ao grande ABC.

MARCOLINO – Eu quem agradeço a oportunidade de dialogar com os leitores deste importante jornal Regional.

TEMPO REAL – O senhor além de Sindicalista é economista e ex-deputado estadual, o que os eleitores podem esperar do senhor?                                                                      

MARCOLINO  -Acredito tanto minha militância ao lado da população e de lideranças a favor de moradias,saúde,cultura;quanto minha participação no Sindicato e no parlamento paulista possam fortalecer um mandato popular em defesa dos mais carentes do Estado de São Paulo.

TEMPO REAL – Segundo o Plano Estadual de Habitação de São Paulo (2011- 2023) temos uma carência muito grande por moradias dignas no Estado de São Paulo de cerca de 1,16 milhão (déficit) e 3,19 milhões de moradias inadequadas.

Vale lembrar que estas duas dimensões correspondem a cerca de 30% dos domicílios do estado de São Paulo. O que fazer para amenizar o sofrimento das pessoas que vivem à margem da sociedade? 

MARCOLINO – Acredito que se o estado aproveitasse a experiência acumulada dos movimentos populares de moradia poderíamos acelerar o processo de construção de casas e prédios gerando também mais empregos na comunidade local, inovando na produção e nas parcerias.

TEMPO REAL – O senhor também defende ações do governo estadual no setor da Cultura e Lazer para combater o desemprego? Como fazer?

MARCOLINO – Sim – Quando fui presidente do Sindicato dos Bancários, na oportunidade criamos o projeto Cine B Solar ( https://projetocineb.com.br/ ) que possibilita à comunidade local o acesso ao cinema de forma itinerante,além da divulgação das produções nacionais de cinema. Ao mesmo tempo, oportuniza o lazer às pessoas mais carentes de diversas partes da cidade de São Paulo e outras regiões.

Acredito também que através das Leis de Incentivos e apoio podem ajudar os artistas locais nas produções populares. O setor da cultura tem muitas faces que produzem impactos sociais e econômicos.

Vale destacar que a política cultural é uma forma eficaz para a geração de emprego e renda , além disso a arte e cultura contribuem para o surgimento de novos talentos à margem da sociedade.                                                                                                                                                  

TEMPO REAL –A região do grande ABC outrora foi a grande  força motora do desenvolvimento econômico e social do Estado de São Paulo e do Brasil. O que fazer para retomar este protagonismo?

MARCOLINO – Defendo que o estado (municípios,estados,união) seja o indutor da Economia.

TEMPO REAL – Como assim?

MARCOLINO – Sou da opinião de que o estado deva facilitar o desenvolvimento econômico tanto na micro quanto na macroeconomia.Vou te dar um exemplo que poderia acontecer aqui na região do ABC, mais precisamente em Mauá no Polo de Capuava com a construção de um porto seco,o local é próximo a Avenida dos Estados, Jacu Pêssego,Rodoanel e Ferrovia/Porto de Santos. 

Para viabilizar e atrair este importante projeto basta o governo federal adequar o sistema ferroviário, ou seja o poder público fazendo uma simples ação que transforma uma terra infertil numa “mina de ouro”. 

Vale acrescentar que temos na região o Consórcio Intermunicipal do ABC, e a Agência de Desenvolvimento Econômico do Grande ABC que deveriam ser mais valorizados nas parcerias e desenvolvimentos das políticas públicas regionais, ,Arranjos Produtivos Locais (APLs), ações de drenagens,habitação,transporte, Cultura e Saúde, como  por exemplo mais verbas para os Hospitais: Nardini,Mário Covas,Serraria.

TEMPO REAL –  Para que o estado preste um serviço decente à população, o que o senhor propõe?

MARCOLINO – Temos que valorizar nossos servidores com salários e condições de trabalho dígnos e assim ter um serviço de qualidade.

TEMPO REAL – Qual o recado que o senhor tem para os moradores do Grande ABC?

MARCOLINO – Que analisem bem o trabalho e a história dos candidatos e não deixem para a última hora a escolha dos seus representantes, tanto a deputado estadual quanto federal, que têm um papel essencial nas políticas públicas do nosso estado e do nosso país e  que decidem onde e como serão empregados os investimentos públicos.

Um comentário sobre “Luiz Claudio Marcolino defende projetos de Moradias,Cultura e Lazer para melhorar a qualidade de vida dos moradores do estado de São Paulo

  1. excelente entrevista aonde o entrevistado mostrou conhecimento e.preparo para representar a.população do ABC e de São Paulo nos espaços públicos e principalmente na ALESP. parabéns.

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s