Claudinho da Geladeira pode ser cassado pela Câmara Municipal de Rio Grande da Serra

Declaração de Gabriel Campagnolli mudou de vez os rumos do processo que pode levar ao impeachtment do prefeito na cidade.

O juiz Alexandre Chiochetti Ferrari de Rio Grande da Serra, tomou a decisão de liberar os trabalhos das comissões processantes na quinta-feira dia 23 de junho. O motivo da liberação foram os depoimentos de Gabriel Campagnolli ex-assessor parlamentar. Ele confessou que seus depoimentos anteriores foram falsos com a intenção de impedir o andamento dos trabalhos da CEI (Comissão Especial de Inquérito), tudo isso patrocinado pelo prefeito Claudinho da Geladeira (PSDB) e seu secretário de Governo Admir Ferro (PSDB).

O ex-assessor Gabriel chegou a disponibilizar para o Ministério Público as conversas e tratativas que fez através do aplicativo whatsapp, inclusive os extratos dos valores recebidos via pix. Em seu primeiro depoimento Gabriel mentiu quando havia dito que exixtiriam fraudes nos trabalhos das comissões processantes.

O prefeito Claudinho da Geladeira respondia a dois processos um sobre não responder aos requerimentos da Câmara e o caso do Fura-fila da vacina contra a Covid-19.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s