Ribeirão Pires utiliza saldo remanescente da Lei Aldir Blanc e contempla novos artistas


Mais de R$ 80 mil contemplaram espaços culturais e fomentaram novos projetos 

A Prefeitura de Ribeirão Pires, por meio da Secretaria de Juventude, Esportes, Lazer, Cultura e Turismo (SEJEL), utilizou todo o saldo remanescente da Lei Aldir Blanc 2021 para fomentar novos projetos artísticos na cidade. O pagamento já foi efetuado no final de dezembro de 2021, e os 11 artistas, assim como os quatro espaços culturais selecionados, já podem colocar as propostas em prática.

A análise dos projetos foi realizada por pareceristas com auxílio do Núcleo de Fiscalização da LAB. O saldo restante de R$83.588,84, foi dividido em 20% para espaços culturais (R$16.717,76), 40% para aquisição de bens e serviços vinculados ao setor cultural (R$33.435,86) e 40% para fomento a projetos culturais (R$33.435,86).

“A LAB veio para prestar um auxílio fundamental nesse tempo de pandemia”, declarou o Secretário interino da SEJEL, Márcio Souza. “O esforço da cidade em utilizar todo o saldo é muito importante para nossos artistas e, por isso, prestar este auxílio, sobretudo durante tempos tão difíceis, é fundamental para a continuidade do fomento à cultura em nossa cidade”, concluiu.

Vale ressaltar que, como o objetivo foi colaborar com aqueles que nunca participaram, a Lei visou priorizar novas inscrições e, por isso, os artistas já agraciados estiveram sujeitos a repescagem e concorreram, unicamente, às vagas sobressalentes.

O governo Clóvis Volpi garantiu a participação da sociedade civil e do Conselho Municipal de Política Cultural (CMPC), que pôde acompanhar todas as etapas da LAB 2021.

Veja os todos os projetos contemplados neste link:
https://www.ribeiraopires.sp.gov.br/downloads.php?tipo=paginas&id=471 

Lei Aldir Blanc – A fim de conter os impactos causados pela pandemia de Covid-19 no setor cultural, a Lei Aldir Blanc, criada em 29 de junho de 2020 pelo Governo Federal após intensa mobilização da classe artística em todo o país, tem como objetivo proporcionar uma renda emergencial aos artistas, bem como a manutenção dos espaços culturais durante este período.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s