UBSs de Mauá abrem na próxima semana para vacinar contra a Covid

Unidades estarão abertas até a quinta-feira (30/12)

Na próxima semana, as 23 UBSs (Unidades Básicas de Saúde) estarão abertas e será uma ótima oportunidade para a população colocar em dia o esquema vacinal contra a Covid. Até o momento, mais de 715 mil imunizantes foram aplicados na cidade. O horário da vacinação é das 8h às 17h. Para quem trabalha ou tem compromisso durante o dia, três unidades vacinam até as 20h: Magini, Flórida e Zaíra 2.

Segundo orientação do Ministério da Saúde, até o momento a primeira dose da vacina pode ser aplicada em pessoas a partir de 12 anos.

Indivíduos com 18 anos ou mais que tomaram a primeira dose do imunizante da Pfizer há 21 dias já podem receber a segunda. Para jovens de 12 a 17 anos, depois de 56 dias. 

Maiores de 18 anos imunizados com AstraZeneca receberão a segunda dose após 56 dias, exceto aqueles com viagem próxima para o exterior — o intervalo é de 28 dias, desde que comprovada a viagem. Quem tomou CoronaVac tem condições de receber a segunda dose em 28 dias. 

Os munícipes com 18 anos ou mais imunizados com a Janssen (dose única) há dois meses poderão receber a dose adicional.

Para os imunossuprimidos acima de 18 anos (http://t.ly/y7Gg) que receberam a Janssen, o reforço é depois de 28 dias — mesmo período para integrantes deste grupo que tomaram outras vacinas. 

Estão aptas a receber a dose adicional as pessoas com 18 anos ou mais que completaram o ciclo vacinal (duas doses ou única) há quatro meses – os que receberam Janssen, depois de dois meses. 

Munícipes com viagem próxima a países que não aceitam as duas doses de CoronaVac podem ganhar a adicional após 28 dias. 

Mauá segue as orientações sobre a administração de vacinas do PEI (Programa Estadual de Imunização).

É fundamental levar o comprovante de vacinação e documento com foto (CNH ou RG) ao local. Não é necessário apresentar o comprovante de residência. 

Os menores de 12 a 17 anos devem estar acompanhados pelo responsável e com a carteira de vacinação atualizada.

É possível ajudar a combater a fome na cidade ao se imunizar. Doe qualquer alimento da cesta básica para a campanha ‘Mauá na luta contra a fome’ no dia em que for se vacinar. Não é obrigatório, mas ajudará muito a quem não tem o mínimo para colocar na mesa. 
 
A Prefeitura reforça o pedido às pessoas seguirem com os cuidados sanitários. Use corretamente a máscara, mantenha a higiene das mãos frequentemente e o distanciamento físico. Evite aglomerações.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s