Manobra na indicação do superintendente do Hospital Mario Covas

“Nenhum de nós foi consultado sobre a alteração no regimento e nem sobre a nova indicação”
Na manhã desta segunda-feira (06) a Comissão de Assuntos Relevantes da Câmara Municipal de Santo André recebeu os diretores e o atual superintendente do Hospital Mario Covas para ouvi-los sobre a possível interferência política na Fundação ABC para indicação do novo Superintendente. Estavam presentes os vereadores Eduardo Leite, presidente da Comissão, Zezão, Rodolfo Donetti e Renatinho do Conselho.
Os cinco integrantes do corpo diretivo confirmaram não terem sido ouvidos previamente à mudança do regimento interno da FUABC nem em relação à indicação do novo superintendente.
Para o vereador e presidente da Comissão Eduardo Leite ficou confirmado de que não houve nenhuma participação dos dirigentes do hospital na decisão pela mudança do estatuto e nem na indicação do novo nome para a superintendência. “Ficou claro na reunião de hoje que foi uma decisão unilateral por parte da Fundação ABC. A equipe deveria ter sido ouvida antes de definições tão importantes. O hospital não pode ser instrumento de interferência política. Ele existe para atender os sete municípios e essas disputas não devem contaminar a qualidade de gestão”, declarou Eduardo Leite.
Na próxima segunda-feira (13) estão previstos os depoimentos da presidente da Fundação ABC, Adriana Berringer Stephan e do indicado para ocupar o cargo de superintendente do Hospital, Adilson Joaquim Westheimer Cavalcante.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s