A Prefeitura de Mauá e o Museu da Imagem e do Som da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo, oferecem:

Bate-papo de CinemaPontos MIS

09 de Outubro, sábado

PROJETO: Bate-papo de Cinema Pontos MIS | As filhas do fogo

AO VIVO  

Data: Filme disponível de 07.10 (às 11h) até 09.10. Bate-papo ao vivo no dia 09 de outubro, às 18h, no canal do MIS YouTube. 

Link: https://forms.gle/V2YcMS5d5jd5JF2V7  

Link YouTube: Bate-papo Pontos MIS
Bate-papo Pontos MIS

Ingresso:  Gratuito 

Classificação: 18 anos  

Acessibilidade: Libras  

Sessão em Parceria com Vitrine Filmes 

O Bate-papo de Cinema Pontos MIS realiza, aos sábados, exibições de filmes seguidos de debates ao vivo no YouTube do Museu, buscando trazer membros da equipe dos filmes, pesquisadores da área, críticos de cinema, jornalistas e agentes cineclubistas para discutir sobre a obra e apresentar curiosidades da produção. 

Esta edição, que acontece em parceria com a Vitrine Filmes, apresenta As filhas do fogo (dir. Albertina Carri, Argentina, 2018, 115 min, 18 anos), filme que narra a história de três mulheres que começam uma jornada poliamorosa em busca de prazer, diversão e novas formas de relação.  

Sobre as convidadas:  

Stephania Amaral é mestra e doutoranda em Estudos de Linguagens pelo CEFET MG. Membra da Associação Brasileira de Críticos de Cinema (ABRACCINE) e do Elviras – Coletivo de Mulheres Críticas de Cinema. Ex-integrante do Cinema em Cena, desde 2016 integra a equipe do Feito por Elas, projeto que discute trabalhos de mulheres no audiovisual. 

Nicolle Latorre é mestranda em Estudos e Políticas de Gênero, com ênfase em Estudos Queer pela Universidad Nacional de Tres de Febrero (Argentina), pós-graduada em Indústrias Culturais pela mesma Universidade e bacharela em História da Arte pela Universidade Federal de São Paulo (Brasil). Atualmente pesquisa relações lésbicas em contextos periféricos no cinema Brasileiro e Argentino com perspectiva interseccional.   

Sobre a mediadora:  

Giuliana Monteiro é roteirista e diretora nascida em São Paulo, mestre em produção de filmes pela faculdade de Nova York Tisch School of the Arts, onde dirigiu e roteirizou diferentes projetos audiovisuais. Atualmente, trabalha em dois filmes, o seu primeiro longa-metragem ficcional, “Estrada para Livramento”, que tem o apoio do fundo Spike Lee para desenvolvimento e da fundação San Francisco Film Society, e também na finalização do longa-metragem documental “Bento”. 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s