Copa Truck define finalistas após vitórias de Giaffone e Dirani no Potenza em MG

Penúltima etapa da temporada coloca André Marques, Wellington Cirino e Felipe Giaffone como postulantes ao título principal da categoria. Definição acontece em Curitiba (PR) no dia 5 de dezembro.

O Autódromo Potenza, em Lima Duarte (MG), recebeu no último final de semana a oitava e penúltima etapa da Copa Truck em 2021 com duas corridas bastante movimentadas pelo apertado traçado de 3.200 metros. Mesmo assim, várias ultrapassagens, toques e até alguns acidentes fizeram parte do espetáculo que foi o encontro da categoria dos pesados em Minas Gerais. As vitórias ficaram com Felipe Giaffone, da Iveco, na primeira corrida, e com Danilo Dirani, da Mercedes, na segunda prova – a que conta com a inversão dos oito primeiros colocados no grid.

A etapa serviu também para definir os finalistas na disputa pelo título da temporada. Após três descartes obrigatórios dos piores resultados de cada piloto, apenas três estão elegíveis na disputa:  André Marques, que tem 227 pontos, Wellington Cirino, que tem 212, e Felipe Giaffone que soma 209. A grande final em Curitiba acontece no dia 5 de dezembro e colocará 40 pontos em jogo na decisão.

Largando da pole position, Felipe Giaffone não deu chance para os adversários e venceu com uma vantagem de dois segundos para Beto Monteiro. Líder do campeonato, André Marques terminou a primeira prova em um excelente terceiro lugar. Com a inversão do grid, Jaidson Zini, então oitavo na pista, largou na frente, mas foi Danilo Dirani quem brilhou buscando a liderança logo no começo. Ele venceu pela terceira vez na temporada, e cruzou a linha de chegada com 1,4 segundo de vantagem para Paulo Salustiano. Marques repetiu o terceiro lugar, essencial para suas chances de título.

A final da Copa Truck acontece naquela que será, oficialmente, a despedida do Autódromo Internacional de Curitiba, no dia 5 de dezembro. A partir de 2022, o autódromo será fechado e dará lugar a um empreendimento imobiliário.

A Fras-le, maior fabricante de materiais de fricção da América Latina e um dos líderes mundiais, é a fornecedora oficial de pastilhas de freio para a Copa Truck, proporcionando eficiência e segurança nas frenagens dos caminhões mais rápidos do planeta.

Fala, piloto!
“Foi muito legal. Dominamos a classificação no sábado com um caminhão perfeito e na primeira corrida foi a mesma coisa. Feliz por ter vencido com um caminhão que dominou. A segunda corrida foi mais difícil, largando mais atrás em uma pista em que é muito difícil ultrapassar. Acabei ficando preso atrás do Adalberto Jardim e não deu para evoluir. Então, estou feliz por ter vencido pela primeira vez na pista este ano – sem ter sido herdando a vitória pela desclassificação de alguém – e mais ainda por estar com um caminhão bem acertado.”
(Felipe Giaffone, Usual Racing, Iveco #4) – VENCEDOR CORRIDA 1

Fala, piloto!
“Foi uma corrida para lavar a alma. A gente veio de alguns finais de semana não muito bons, com alguns problemas, mas a equipe foi remanejando e acertando as coisas. Aqui, repito, foi para lavar a alma. Terceira vitória no ano, e pela média está muito bom. Agora é manter a consistência do equipamento e pensar no ano que vem. Os freios estiveram excelentes durante todo o tempo das duas corridas, 100%”.
(Danilo Dirani, PP Motorsport, Mercedes #28) – VENCEDOR CORRIDA 2

Resultado oficial da Corrida 1 (Top-10):
1. 4 Felipe Giaffone (Iveco)
2. 88 Beto Monteiro (Volkswagen)
3. 77 André Marques (Mercedes)
4. 55 Paulo Salustiano (Volkswagen)
5. 5 Adalberto Jardim (Protótipo)
6. 28 Danilo Dirani (Mercedes)
7. 25 Jaidson Zini (Mercedes)
8. 6 Wellington Cirino (Mercedes)
9. 45 Daniel Kelemen (Mercedes)
10. 8 Rodrigo Pimenta (Protótipo)

Resultado oficial da Corrida 2 (Top-10):
1. 28 Danilo Dirani (Mercedes)
2. 55 Paulo Salustiano (Volkswagen)
3. 77 André Marques (Mercedes)
4. 5 Adalberto Jardim (Protótipo)
5. 6 Wellington Cirino (Mercedes)
6. 4. Felipe Giaffone (Iveco)
7. 88 Beto Monteiro (Volkswagen)
8. 57 Felipe Tozzo (Iveco)
9. 25 Jaidson Zini (Mercedes)
10. 29 Pedro Paulo Fernandes (Mercedes)

CAMPEONATOS
Classificação Geral Copa Truck (Top-10)
1. André Marques – 227 pontos
2. Wellington Cirino – 213 (-14)
3. Felipe Giaffone – 209 (-18)
4. Paulo Salustiano – 182 (-45)
5. Beto Monteiro – 166 (-61)
6. Adalberto Jardim – 144 (-83)
7. Luiz Lopes – 133 (-94)
8. Jaidson Zini – 128 (-99)
9. Danilo Dirani – 119 (-108)
10. Roberval Andrade – 119 (-108)

Classificação Geral Super Truck (Top-10)*
1. Felipe Tozzo – 2018 pontos
2. José Augusto Dias – 209 (-9)
3. Giuliano Losacco – 203 (-15)
4. Danilo Alamini – 173 (-45)
5. Glauco Barros – 162 (-56)
6. Daniel Kelemen – 157 (-61)
7. Djalma Pivetta – 152 (-66)
8. Evandro Camargo – 151 (-67)
9. Fábio Fogaça – 134 (-84)
10. Ricardo Alvarez – 112 (-106)
*A classe Super Truck é destinada a pilotos com experiência recente em corridas de caminhões

Vencedores até o momento na temporada:
Goiânia: 
Felipe Giaffone (Iveco) e André Marques (Mercedes)
Interlagos: Wellington Cirino (Mercedes) e Paulo Salustiano (Volkswagen)
Cascavel: André Marques (Mercedes) e Danilo Dirani (Mercedes)
Cascavel: André Marques (Mercedes) e Danilo Dirani (Mercedes)
Tarumã: André Marques (Mercedes) e Regis Boessio (Volvo)
Curitiba: Beto Monteiro (Volkswagen) em ambas
Curitiba: André Marques (Mercedes) em ambas
Potenza: Felipe Giaffone (Iveco) e Danilo Dirani (Mercedes)

Calendário Copa Truck 2021
23/05: Goiânia (GO)
27/06: Interlagos (SP)
17 e 18/07: Cascavel (PR)
15/08: Tarumã (RS)
04 e 05/09: Curitiba (PR)
03/10: Potenza (MG)
05/12: Curitiba (PR)

Sobre a FRAS-LE:

No mercado há mais de 67 anos e uma das cinco maiores fabricantes mundiais de materiais de fricção, a Fras-le, que faz parte das Empresas Randon, é uma marca reconhecida globalmente. Com mais de 12 mil referências  nas marcas FRAS-LE & Lonaflex, a empresa coloca ao alcance do consumidor uma linha completa de produtos de fricção da mais alta qualidade, desenvolvidos e testados em seu Centro de Pesquisa e Desenvolvimento, um dos  mais bem equipados do mundo, que conta com laboratórios químico, físico, piloto e o Centro Tecnológico Randon, um centro de testes por excelência.

 A empresa expandiu seu portfólio com a aquisição, em 2012, da Controil, que fabrica componentes para freios e embreagens e polímeros automotivos. Em 2018, mais 2.500 referências com a marca FREMAX foram incorporadas ao mix de produtos da FRAS-LE, com a aquisição da empresa, que produz discos, tambores de freios e cubos de roda.  

Desde 2016, a Fras-le é a fornecedora oficial das pastilhas de freio dos carros da Stock 
Car, Stock Light e Mercedes-Benz Challenge.  A FREMAX, desde 2004,  também é a fornecedora oficial dos discos de freio da Stock Car,  assim como das categorias Stock Light, Mercedes-Benz Challenge, Porsche GT3 Cup, Sprint Race e Old Stock

Recentemente, a FRAS-LE concluiu a aquisição da Nakata Automotiva que, dentre os principais itens estão amortecedores, terminais e barras de ligação e direção, pivô e bandejas de suspensão, juntas homocinéticas, componentes de eixos cardan e diferencial.

A Fras-le, seja através das suas aquisições ou no desenvolvimento de materiais mais inteligentes (mais leves, eficientes e com materiais primas mais sustentáveis) tem construído uma plataforma cada vez mais diversa, de itens fricção e não fricção, estando atenta aos movimentos e necessidades do mercado global.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s