Vereador Ricardinho da Enfermagem tem importante Lei sancionada para saúde das crianças em Mauá

LEI N° 5.736, DE 14 DE SETEMBRO DE 2021 que institui no Município de Mauá a Política Municipal de Combate à Obesidade Infantil, e dá outras providências.

A obesidade já pode ser considerada o problema crônico mais
prevalente entre as crianças do planeta. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS) dão conta que 41(quarenta e um milhões) de pequenos com o menos de 05 (cinco) anos estejam acima do peso, número que engloba tanto os países desenvolvidos como aqueles em desenvolvimento, sendo considerada uma epidemia mundial. A obesidade está longe de ser apenas uma questão estética. O excesso
de peso pode provocar o surgimento de vários problemas de saúde, como diabetes, problemas cardíacos e a má formação do esqueleto.

Cerca de 15% das crianças e 8% dos adolescentes sofrem com problemas de obesidade, e 08 (oito) em cada 10 (dez) adolescentes continuam obesos na fase adulta.

Somente na última década, duplicou a incidência da obesidade entre as crianças e os adolescentes.
O risco aumentado de mortalidade e morbidade associado à obesidade
tem sido alvo de muitos estudos que tentam elucidar os aspectos da síndrome X (Síndrome da Cardiologia) como consequência da Obesidade.
Esta síndrome é caracterizada por algumas doenças metabólicas, como
resistência à insulina, hipertensão e dislipidemia (aumento da taxa de gordura no sangue). Está bem
estabelecido que fatores genéticos tenham influência neste aumento dos casos de obesidade.
No entanto, o aumento significativo dos casos de obesidade nos últimos 20 (vinte) anos dificilmente poderia ser explicado por mudanças genéticas que tenham ocorrido neste espaço de tempo.

As principais causas ligadas ao desenvolvimento da obesidade têm sido relacionadas a fatores ambientais, como ingestão alimentar inadequada e redução no gasto
calórico diário de crianças e adolescentes.
Evidente que outras medidas, como o incentivo à prática de esportes, por exemplo, podem e devem coexistir com a finalidade deste projeto, que é implementar ações eficazes para a redução de peso, o combate à obesidade infantil e à obesidade mórbida infantil. “Através da Lei estaremos criando políticas públicas para combater de forma efetiva na prevenção e cuidados necessários para as nossas crianças, jovens e adolescentes”, disse Ricardinho. Acompanhe nosso mandato, juntos podemos mais.

Do Gabinete

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s