Esgoto entupido: conheça as principais causas e saiba como evitar essa situação

A BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de esgoto em Mauá, trabalha continuamente a conscientização de seus clientes sobre o uso correto das redes de esgoto.

O retorno do esgoto, que pode ocorrer nas ruas ou imóveis da cidade, traz prejuízos para toda a população e provoca, além de transtornos como o mau cheiro, o risco de doenças, como epidemias de febre tifoide, cólera, disenterias, hepatite infecciosa e inúmeros casos de verminoses, que podem ser transmitidas pelo contato com os esgotos.

Para evitar esse cenário, a prevenção ainda é o melhor caminho. O entupimento das redes de esgoto, assim como os casos de retorno do efluente para dentro dos imóveis e extravasamentos em vias públicas, são causados por materiais que não deveriam estar dentro das tubulações.

Entre os resíduos mais encontrados pela concessionária nas redes estão plásticos, panos, pedaços de madeira, entulhos de construção e óleo de cozinha.

Somente em 2020, a BRK Ambiental retirou mais de 108 toneladas de lixo do sistema de esgoto de Mauá. Neste ano, até o mês de agosto, foram retiradas 100 toneladas de lixo que chegaram na estação de tratamento de esgoto da cidade.

“O sistema de esgotamento sanitário foi projetado para receber apenas o esgoto doméstico. Qualquer objeto diferente pode causar entupimento, formando um bloqueio e impedindo a passagem normal do efluente. Assim, os dejetos se acumulam, prejudicam o fluxo do esgoto e acabam ocasionando vazamentos em pontos mais baixos da tubulação ou até mesmo o retorno do esgoto para dentro dos imóveis e implicações no processo de tratamento”, explica Bruno Gravatá, gerente de operações da BRK Ambiental em Mauá.

Se você está com o esgoto entupido e não sabe o que fazer para solucionar o problema, é preciso primeiro descobrir se a situação ocorre dentro ou fora de casa. A concessionária deve ser acionada para desentupir o esgoto caso o problema esteja acontecendo nas vias públicas. Porém, se o esgoto estiver entupido dentro do seu imóvel, é preciso chamar empresas ou profissionais especializados para realizar esse serviço.

E para o bom funcionamento da rede de esgoto, fique atento a estas dicas:

  • Não jogue restos de alimentos no ralo da pia ou na tubulação, descarte os restos de comida dos pratos e panelas no lixo antes de lavá-los;
  • Descarte no lixo do banheiro objetos como papel higiênico, absorventes, fraldas e fio dental. O encanamento das residências não é preparado para receber esse tipo de material, portanto quando são jogados no vaso sanitário eles podem causar sérios problemas;
  • Fique atento à limpeza da sujeira acumulada no sifão, que é a peça que fica embaixo da pia. Ele conecta o ralo à tubulação e seu formato em “S” impede o retorno dos gases que causam maus odores. O acúmulo de restos de alimentos e outros resíduos pode fazer com que o sifão não deixe o esgoto fluir. Por isso, para que ele funcione corretamente, é preciso ficar atento e fazer manutenções periódicas;
  • Não deixe os fios de cabelo descerem pelo ralo. Essa é uma das principais causas de entupimento do encanamento do banheiro. Durante o banho ou ao fazer a barba, é comum que os fios de cabelo e pelos caiam e desçam pelo ralo e, quando acumulados, formam uma rede forte, difícil de ser arrebentada, que pode facilmente obstruir a tubulação;
  • As tubulações de esgoto e de água de chuva não se misturam. Outra causa de esgoto entupido é quando há a mistura de água da chuva na rede de esgoto. Como as tubulações de esgoto são de diâmetro menor do que as da rede de água pluvial, quando chove, elas não dão conta de transportar todo o líquido e acabam rompendo e até retornando para dentro do imóvel, causando diversos transtornos;
  • Descarte corretamente o óleo de cozinha. O óleo é uma substância que não se dissolve na água, e um litro dele pode contaminar 20 mil litros de água, além do solo. O óleo, ao se resfriar, endurece e se acumula nas paredes dos encanamentos, bloqueando o fluxo de água e causando refluxo do esgoto. Em Mauá, a BRK Ambiental realiza, em parceria com a prefeitura e a empresa Lirium Reciclagem Vegetal, o Programa Olho Vivo, em que são disponibilizados pontos de coleta de óleo usado em escolas municipais e conveniadas, além de parques e ecopontos da cidade. O programa alia preservação e educação ambiental com o objetivo de reduzir o impacto gerado com o descarte inadequado do óleo usado no solo, nos cursos d’água e na rede de esgoto. A listagem completa de pontos de coleta do óleo usado está disponível no site www.brkambietal/maua/coleta-de-oleo.

Assim, a melhor solução para evitar entupimento e retorno do esgoto é a prevenção por meio da mudança de hábitos. Lembre-se de que quando utilizamos as instalações das nossas casas corretamente, elas ficarão bem conservadas por muitos anos e transportarão a água usada nos banhos, descargas e pias até a estação de tratamento de esgoto sem qualquer interferência.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s