Santo André ministra curso de Libras para servidores que atuam no atendimento ao público

Aulas buscam capacitar profissionais para melhor recepção da população surda

A Prefeitura de Santo André, por meio da Secretaria de Inovação e Administração e da Secretaria da Pessoa com Deficiência, está ministrando curso de formação de Libras (Língua Brasileira de Sinais) para servidores que atuam no atendimento ao munícipe no Paço Municipal, recepção, serviços e CPETR (Centro Público de Emprego, Trabalho e Renda).

São 22 alunos que até dezembro vão receber capacitação para atendimento adequado aos munícipes surdos que procuram informações e serviços no prédio da Prefeitura. Os servidores serão habilitados a interpretar palestras, cursos e demais atividades para cidadãos e servidores.

“A iniciativa de preparar o servidor público para atender a pessoa com deficiência auditiva é de suma importância, porque quando se abre essa possibilidade de qualificação para as pessoas que trabalham na administração, se dá mais um passo no sentido de atender da mesma forma todos os cidadãos, promovendo uma inclusão efetiva que é o foco principal do nosso trabalho. Além disso, se eleva a qualidade do atendimento ao munícipe, o que é uma busca incessante desta administração”, disse o secretário da Pessoa com Deficiência, Ivo de Lima.

Entre os motivos utilizados pela secretaria para promover a formação estão a ampliação e aperfeiçoamento da capacidade de comunicação dos servidores, adotando formas institucionalizadas de apoiar o uso e a difusão da Língua Brasileira de Sinais, além de garantir o atendimento digno ao cidadão e ao servidor surdo.

Atualmente, o Serviço de Atendimento ao Cidadão já conta com dispositivo de tecnologia (aplicativo Hand Talk) para que o munícipe surdo possa solicitar informações e serviços da Prefeitura de maneira adequada e prática através do site.

Capacitar servidores para que possam atender o cidadão surdo presencialmente é uma ação complementar para promoção da inclusão desse público, uma vez que o curso conta com aulas teóricas e atividades práticas de vivência do idioma de forma continuada. Iniciando pelo atendimento do prédio do Executivo, será ampliado para formação dos servidores de atendimento das demais áreas da Prefeitura.

As aulas são ministradas pela professora Fernanda Vanessa Alves Ribeiro, que é surda, e trabalha no Polo Bilíngue de Santo André, coordenado pela Gerência de Educação Inclusiva da Secretaria de Educação.

| Texto: Guilherme Menezes
gbmenezes@santoandre.sp.gov.br / 4433-0142
| Fotos: Helber Aggio/PSA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s