Mauá ajuda pacientes a vencerem as sequelas da Covid

CER IV recupera pessoas que sentem os efeitos pós-doença.

O motorista José Roberto de Almeida, 42 anos, contraiu Covid há dois meses. Ficou 17 dias internado, sendo nove na UTI. Ao receber alta, sentiu o baque. “Caminhava cinco minutos e tinha de sentar e tomar água”, lembra. Nesta semana, ele celebrou a recuperação, ganhando até medalha simbólica, graças ao término do tratamento
no CER IV (Centro Especializado em Reabilitação) para pacientes que tiveram sequelas da doença.

Os munícipes são encaminhados ao ambulatório pós-Covid tanto pelo Hospital Nardini quanto pelas UPAs (Unidades de Pronto Atendimento). Neste ano, 140 pessoas já passaram pelo local.

Os sintomas mais comuns das pessoas que chegam ao CER IV são cansaço/fadiga, diminuição da força muscular, alteração da pressão arterial e oxigenação baixa.

Após avaliação, os pacientes são classificados em três níveis de gravidade, sendo que os de graus dois e três, considerados os casos mais graves, recebem atendimento individualizado no local, enquanto os de categoria um vão para as UBSs (Unidades Básicas de Saúde), onde são acompanhados por fisioterapeutas e médicos. Durante o processo de reabilitação, alguns deles são direcionados a consultas no CEMMA (Centro de Especialidades Médicas de Mauá).

O espaço dispõe de duas salas para a reabilitação do pós-Covid, com equipamentos para exercícios fisioterápicos. São feitas cerca de oito avaliações semanais e de 16 a 20 atendimentos por dia. A frequência das sessões (de 45 minutos cada) pode ser de uma ou duas vezes por semana. O ambulatório oferece atendimento com psicólogo, fisioterapeuta, assistente social e pneumologista.

Ao chegar ao Centro de Reabilitação Especializada, no início de julho, José Roberto apresentava picos de pressão arterial, fruto da Covid. Durante sete semanas, ele fez tratamento uma vez a cada sete dias para aumentar a resistência pulmonar e cardíaca. “Hoje, faço tudo sem me cansar. Ando uns 30 minutos e ainda me exercito”, conta ele, que já voltou ao trabalho e foi orientado a levar uma vida mais saudável, com prática regular de atividade física.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s