Coro da Cidade homenageia Adoniran Barbosa em gravação com o conjunto Demônios da Garoa

Registro faz parte do projeto Adoniran e Santo André; música será lançada nas redes sociais em setembro

Muita gente não sabe, mas o considerado pai do samba paulista, Adoniran Barbosa, morou por alguns anos em Santo André. Para lembrar a história e homenagear o músico, a Associação Coro da Cidade realiza neste ano o projeto “Adoniran e Santo André”. A mais nova atividade foi a gravação de um dos sucessos do músico, “Um samba no Bexiga”, com a participação do tradicional conjunto Demônios da Garoa. O lançamento deve ocorrer no próximo mês pelas redes sociais do Coro.

Para a realização da gravação em áudio e vídeo, o Teatro Municipal de Santo André Maestro Flavio Florence recebeu o conjunto Demônios da Garoa no último dia 27 de julho. “Foi um momento histórico para o nosso Coro, que terá a oportunidade de cantar com esse ilustre grupo que representa o samba paulista em todo o Brasil”, comentou o maestro Roberto Ondei após a gravação.

Após a gravação, Sérgio Rosa, um dos cantores e o integrante há mais tempo no conjunto, agradeceu a oportunidade de poder retornar a Santo André, que sempre os recebeu muito bem. “Foi uma satisfação poder participar deste projeto que lembra Adoniran Barbosa, o maior parceiro do Demônios da Garoa, que, com muito afinco, traz a bandeira da Música Popular Brasileira, a música de São Paulo há 78 anos”, disse.

Para a finalização do vídeo será usado o formato ‘coro virtual’, modelo utilizado pelo Coro durante o período da pandemia. Isto permite que os cantores possam participar de suas casas. Segundo o maestro, a partir do material gravado no Teatro Municipal serão incluídas as vozes e os vídeos dos cantores do Coro, unindo todos os participantes de forma virtual.

A previsão é transmitir o vídeo finalizado da canção no final de setembro pelos perfis do Coro de Santo André no You Tube, Facebook e Instagram.

Projeto Adoniran e Santo André – Adoniran Barbosa, nome artístico de João Rubinato, nasceu na cidade de Valinhos (SP) em 6 de agosto de 1910. Entre os anos de 1926 e 1930 o cantor e compositor morou em Santo André, de onde ia pra São Paulo para se encontrar e fazer música com seus parceiros musicais.

Para lembrar este período e homenageá-lo neste ano de 2021 o Coro da Cidade de Santo André realiza o projeto “Adoniran e Santo André”. Uma primeira ação foi a produção do vídeo com a música “O casamento do Moacir”.

“Além do ‘Samba no Bexiga’, produzimos um vídeo levando uma mensagem de esperança com a música ‘Amanhã’, de Guilherme Arantes, com um arranjo que escrevi para coro e música eletrônica” destaca o maestro Roberto Ondei.

A previsão é gravar outros dois vídeos com músicas de Adoniran. Também será produzido um material sobre a vida do homenageado e sua relação com a cidade de Santo André. Para tanto foi realizada parceria com o Museu de Santo André e outros historiadores e pesquisadores.

Para finalizar, o maestro Roberto Ondei comemora a parceria com o conjunto Demônios da Garoa. “O grupo também ficou muito empolgado com o projeto do vídeo e sinalizou positivamente para a continuação de outros projetos. Estamos estudando também um grande show beneficente com o grupo em Santo André, quando as condições sanitárias permitirem”, disse.

| Texto: Marcos Imbrizi
mlimbrizi@santoandre.sp.gov.br / 4433-0142
| Fotos: Angelo Baima/PSA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s