Parque Nascentes de Paranapiacaba ganha Bosque da Memória

Iniciativa integra campanha que promove a recuperação da Mata Atlântica e homenageia vítimas da Covid-19; foram plantadas 50 mudas de palmito-juçara na Trilha dos Gravatás

O Parque Natural Municipal Nascentes de Paranapiacaba, que neste mês completa 18 anos desde a sua criação, ganhou nesta sexta-feira (18) o primeiro Bosque da Memória de Santo André, com o plantio de 50 mudas de palmito-juçara às margens da Trilha dos Gravatás, uma das mais conhecidas da região. A ação faz parte da programação de atividades do Junho Verde na cidade.

A campanha Bosques da Memória foi criada em dezembro de 2020 com o objetivo de promover o plantio de árvores e a recuperação da Mata Atlântica, e como um gesto simbólico em homenagem às vítimas da Covid-19 e agradecimento aos profissionais da saúde no País. É uma iniciativa da Rede de ONGs da Mata Atlântica – RMA, que concentra 120 organizações que atuam nos 17 estados que abrigam a Mata Atlântica, juntamente com o movimento Pacto pela Restauração da Mata Atlântica e com a Reserva da Biosfera da Mata Atlântica – RBMA.

“A Reserva da Biosfera reconheceu, em 2019, o Parque Nascentes de Paranapiacaba como Posto Avançado da RBMA por suas ações de proteção da biodiversidade, desenvolvimento sustentável e promoção do conhecimento científico. É justamente por conta da consciência da importância de ações permanentes de proteção à biodiversidade e fortalecimento da rede que trabalha para preservar e restaurar a Mata Atlântica, que Santo André, por meio do Parque, aderiu à campanha”, explicou o gerente de Unidades de Conservação, Leandro Wada Simone.

Qualquer pessoa ou instituição pode aderir também à campanha Bosques da Memória, por meio do site https://www.bosquesdamemoria.com/. Desde seu lançamento, em dezembro de 2020, já foram criados cerca de 50 Bosques da Memória espalhados pelo país, os quais foram responsáveis pelo plantio de mais de 42 mil árvores.

Parque Nascentes de Paranapiacaba – Quem programar um passeio no Parque Nascentes de Paranapiacaba e quiser conhecer o Bosque da Memória deve optar por seguir a Trilha dos Gravatás, uma das seis trilhas do lugar (Trilha das Hortências, Trilha dos Gravatás, Trilha da Pontinha, Trilha do Mirante, Trilha da Água Fria e Trilha da Comunidade). Para visitar qualquer uma das trilhas do parque, é necessário, no entanto, estar acompanhado de um monitor que pode ser solicitado com antecedência ou no dia, no Centro de Visitantes (Rua Direita, nº 371 – Parte Baixa). Informações pelo telefone (11) 4439-0321. Os passeios no Parque Nascentes custam a partir de R$ 25.


| Texto: Paola Zanei
apmzanei@santoandre.sp.gov.br / 4433-0142
| Fotos: Helber Aggio/PSA

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s