Maio Amarelo: BRK Ambiental reforça a importância do uso de barreiras e equipamentos de proteção durante a execução de seus serviços em Mauá

Em apoio ao Movimento Maio Amarelo que tem como proposta chamar a atenção da sociedade para o alto índice de mortes e feridos no trânsito em todo o mundo, a BRK Ambiental, concessionária responsável pelos serviços de esgoto em Mauá, realiza intervenções, serviços e obras na cidade e prioriza sempre a segurança de seus funcionários e da população.

Para tanto, as equipes da concessionária que executam obras e serviços na cidade utilizam barreiras de proteção, controle e suporte de acordo com o nível de exposição de cada intervenção.

Para definição dos tipos de barreiras e sinalizações utilizadas na cidade, os funcionários da concessionária avaliam o nível de risco de cada intervenção antes de iniciar uma obra ou serviço, com o objetivo de eliminar os fatores de risco independentemente da situação.

São utilizados equipamentos e ferramentas como guarda corpo, cinto para restrição de movimento, isolamento elétrico, cercas para a área de trabalho e barreiras de concreto, para proteger os funcionários e a população em caso de um incidente. Como equipamentos de proteção individual, os funcionários da concessionária utilizam também fitas de proteção à área de trabalho, placas de sinalização e cones de trânsito.

De acordo com dados do Infosiga (Sistema de Informações Gerenciais de Acidentes de Trânsito do Estado de São Paulo), o estado de São Paulo registrou em 2020 uma queda de 32% dos óbitos em acidentes de trânsito nos últimos 10 anos.  O resultado é de 2.372 vidas salvas desde 2010. 

Na região do Grande ABC, a cidade de Mauá manteve no primeiro trimestre de 2021 o número de cinco vítimas fatais, o mesmo índice registrado em 2020.

Para Diego Silva, responsável pela área de Qualidade, Meio Ambiente, Saúde e Segurança em Mauá, o objetivo do uso de barreiras e de equipamentos de proteção durante as atividades executadas pela BRK Ambiental é diminuir a probabilidade de incidentes e acidentes na cidade.

“É essencial que nossos funcionários percebam a importância do uso de barreiras e sinalizações antes de iniciar qualquer atividade, obra ou intervenção e se preocupem em executar o PDST, plano diário que permite a execução do trabalho, de forma segura, evitando assim um evento indesejado, como colocar a sua vida ou de qualquer outra pessoa em risco”, reforça Diego.

Dentro dos princípios de gerenciamento de risco da concessionária, a utilização de barreiras de segurança, equipamentos de proteção e sinalizações em todas as atividades praticadas, reforça o valor da empresa de atuar com segurança e integridade. Esses elementos norteiam o trabalho de todos os profissionais.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s