PT é suspeito de manipular pesquisa eleitoral às vésperas do segundo turno das eleições de Mauá

Militantes petistas de outras cidades teriam sido entrevistados com o intuito de fraudar pesquisa.

Às vésperas dos eleitores de Mauá irem às urnas para escolherem o Prefeito que melhor representa as suas necessidades, uma suspeita manipulação eleitoral recai sobre o PT, do candidato Marcelo Oliveira, que disputa a eleição com o atual prefeito da cidade, Atila Jacomussi.

A suspeita é de que o instituto ABC Dados manipulou o resultado da pesquisa para favorecer o candidato Marcelo Oliveira, realizando entrevistas onde havia grande concentração de militantes petistas de outras cidades.

O Presidente do instituto, Maurício Mindrisz, tem fortes ligações com o PT e foi presidente da Fundação ABC durante os governos de Luiz Marinho em São Bernardo e Carlos Grana em Santo André, ambos do PT.

A suspeita de fraude em pesquisas eleitorais não é de hoje. Institutos realizam pesquisas falsas, a pedido de partidos contratantes, e divulgam dados distorcidos com o objetivo de manipular o eleitor.

Conforme previsto em Lei, a divulgação de pesquisa fraudulenta constitui crime, punível com detenção de seis meses a um ano e multa.

Em meio a essa possível manipulação de pesquisa eleitoral, Atila (PSB) e Marcelo Oliveira (PT) disputam no próximo domingo, 29 de novembro, o segundo turno das eleições de Mauá.

2 comentários sobre “PT é suspeito de manipular pesquisa eleitoral às vésperas do segundo turno das eleições de Mauá

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s