Justiça manda Marcelo Oliveira do PT retirar propaganda ofensiva contra Atila Jacomussi

Se não cumprir a lei Partido dos Trabalhadores terá que pagar 10 mil reais por dia de multa.

A justiça Eleitoral determinou que material de campanha do candidato do PT Marcelo Oliveira seja retirado imediatamente de circulação. O material ofensivo faz ataques ao candidato do PSB.
Atila Jacomussi conquistou mais de 70 mil votos no primeiro turno das eleições em Mauá bem a frente do segundo colocado Marcelo Oliveira do PT.

O desembargador do Tribunal Regional Eleitoral de São Paulo, Paulo Galizia, por meio de liminar, determinou a retirada do material de campanha do candidato a Prefeitura de Mauá, Marcelo Oliveira (PT).

Segundo a justiça, o petista usou de fatos inverídicos para atrair o eleitorado e atacar seu concorrente e atual prefeito Atila Jacomussi (PSB).

“Sem adentrar ao mérito da questão acerca da veracidade das informações, a
propaganda impugnada passa a ideia de que o Prefeito Atila Jacomussi, candidato à reeleição, está envolvido em corrupção.
Assim, defiro o pedido liminar para determinar ao recorrido que se abstenha
imediatamente de veicular a propaganda impugnada e seu conteúdo, sob pena de multa diária
de R$ 10.000,00 (dez mil reais).”

A decisão foi publicada nesta quarta-feira (25). Todo o material de campanha do petista que estiver em desobediência a liminar concedida será acarretado de multa diária de R$ 10 mil.

Por: Victor Rodrigues

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s