“Tomar a vacina contra a Covid-19 é uma responsabilidade, não uma obrigação”.

“Não tem a ver com governos”, destaca especialista na Semana do Servidor Público, da CNSP.

O geriatra Dr. João Toniolo falou sobre as pesquisas e previsão para a chegada da vacina durante palestra em evento da Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP), transmitida pelo www.youtube.com/cnspoficial

Quando chegará a vacina contra a Covid-19? Como avaliar a qualidade das vacinas chinesa e russa? Seremos obrigados a tomar a vacina? E a eficácia? Estas e outras dúvidas sobre o novo Coronavírus e as vacinas em testes foram respondidas pelo médico geriatra e CEO do Grupo Toniolo Saúde, Dr. João Toniolo, durante o segundo dia da Semana do Servidor Público, evento online promovido pela Confederação Nacional dos Servidores Públicos (CNSP).

De acordo com o especialista, ter informações sérias e verdadeiras é um ponto bastante importante no combate à doença. “Essa oportunidade é muito importante para os servidores e também para a população em geral, pois passar as informações de forma correta é essencial em tempo de pandemia. E há muitas divergências e fake News que mais confundem do que explicam. Sem dizer que este é um tema que interessa a todos”.

Dr. Toniolo explicou didaticamente o que é o novo Coronavírus e o que se espera das vacinas testadas. Ele falou sobre as fases no processo de concepção de uma vacina e as diferenças em casos de pandemia. “Quando começam a estudar uma vacina nova, o processo, geralmente, tem cinco etapas e, por isso, leva entre 4 e 5 anos para ser finalizado. Em caso de pandemia, algumas etapas acontecem simultaneamente. É muito importante deixar isso claro: as etapas não deixam de existir. Elas apenas ocorrem de forma conjunta, de maneira que o processo é acelerado para que a resposta para a população mundial seja breve. Afinal, o interesse é coletivo”.

A importância da vacinação também foi destacada pelo médico. “Não vou entrar numa discussão sobre ser ou não obrigatória. O que acredito é que tomar a vacina é uma obrigação de responsabilidade com a própria saúde e com a saúde das pessoas queridas à nossa volta. Não tem a ver com governos. Não tomar a vacina é escolher colocar em risco quem gostamos”.

Sobre o tempo para a vacina chegar à população, o Dr. Toniolo acredita que os brasileiros começarão a ser imunizados nos primeiros meses de 2021. “De acordo com o que temos observado e as informações que recebemos, acredito que a população brasileira comece a ser vacinada no primeiro trimestre do próximo ano. Estão sendo feitos ajustes, definições de acordo com as respostas recebidas dos voluntários em mais de um estudo. A partir disso, a produção começará para que a vacina chegue para a população o quanto antes. Em saúde não há atalhos”.

A palestra completa está disponível no Youtube (https://www.youtube.com/cnspoficial) da Confederação Nacional dos Servidores Públicos.

Fernanda Souza

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s