Consórcio ABC conhece experiência francesa em gestão de resíduos sólidos

Entidade regional participou de seminário virtual organizado pela Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente

O Consórcio Intermunicipal Grande ABC acompanhou nesta terça-feira (15/9) o seminário virtual “Regulação e Regionalização na gestão de resíduos sólidos: experiência Francesa”, organizado pela Secretaria Estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente (SIMA).
Participaram da abertura do encontro o secretário estadual de Infraestrutura e Meio Ambiente, Marcos Penido, e a superintendente da Autoridade Reguladora dos Serviços de Água e Esgotamento Sanitário de São Paulo (Arsae-SP), Agnes Gattai.
Chefe da Missão de Cooperação Brasil-França no país, Nicolas Bourlon falou sobre a experiência de cooperação entre os dois países, iniciada em 2018, para elaboração de estudos para avaliar e propor modelos regulação relativos ao manejo de resíduos sólidos urbanos, por meio de parcerias público-privadas com cidades brasileiras. 
Bourlon também fez uma apresentação sobre o segmento de resíduos sólidos na França, incluindo os compromissos assumidos junto à União Europeia. No país europeu, apenas resíduos inertes podem ser descartados em aterro. De 48 milhões de toneladas de lixo produzidas, 17 milhões são recicladas. 
Além disso, explicou que existem políticas para reduzir a produção de embalagens e resíduos perigosos , ampliar os centros de triagem e compostagem. Reforçou também a importância do consorciamento de municípios, com foco na cooperação.
“A busca de soluções regionalizadas deve ser de acordo com cada realidade. Na França, há diferentes arranjos de consórcios, dependendo do porte dos municípios. São mais de 1.500 consórcios no país, com destaque para os conjuntos de pequenos municípios. Os consórcios na França são como garantidores de manutenção de políticas públicas, mesmo com a troca de gestão dos prefeitos”, disse Bourlon.
Participaram ainda dos debates Danielle Lodi, da Arsesp; Wagner Cabelho, do Comitê de Integração de Resíduos Sólidos (CIRS); Francisco Maciel, do Consórcio Intermunicipal da Região Oeste Metropolitana de São Paulo (Cioeste); e o subsecretário estadual de Infraestrutura, Gláucio Penna. 
O encontro foi viabilizado pelos coordenadores do Comitê de Integração de Resíduos Sólidos (CIRS), José Valverde e Ivan Mello.
O Consórcio ABC foi representado pelo secretário-executivo, Edgard Brandão, pelo diretor Administrativo e Financeiro, Carlos Eduardo Alves da Silva, o Cadu, pela coordenadora de Programas e Projetos Lívia Rosseto e por integrantes do Grupo de Trabalho (GT) Resíduos sólidos da entidade regional.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s