PDT de Rio Grande da Serra entra com mandato de segurança para reaver comando do partido na cidade

O PDT (Partido Democrático Trabalhista) de Rio Grande da Serra entrou com mandato de segurança para ter o direito de ter o comando da sigla no município, segundo a executiva do partido o articulador politico da região Júnior Orosco interditou a sigla em retaliação ao apoio que Gilvan Mendonça e todo o grupo declararam a Claudinho da Geladeira do Podemos.

“Entramos com o mandado de segurança para reaver nosso direito líquido e certo e fazer valer o estatuto do partido, a conduta tomada pela executiva estadual foi arbitrária e não encontra respaldo na legislação brasileira, muito menos na nossa constituição federal. O apoio ao Claudinho da Geladeira é unanime. Interditar o PDT de Rio Grande da Serra foi um ato de retaliação de Orosco, ele negociou com o prefeito Gabriel Maranhão presidente do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC e colocou o pai na diretoria de programas e projetos e banco de dados do Consórcio em troca de apoio ao projeto do prefeito, estamos procurando nossos direitos, por isso entramos com o mandato de segurança, para fazer valer nossa convenção e nossos direitos”, disse Sandro Carvalho Diretor do PDT em Rio Grande da Serra.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s