Mauá inicia testagens contra coronavírus a comerciantes e comerciários


Prefeitura já realizou o procedimento a condutores de aplicativos, taxistas, motoboys e motoristas do transporte público e de vans escolares

Em mais uma ação no combate à pandemia do novo coronavírus, a Prefeitura de Mauá iniciou a partir desta segunda-feira (24) a testagem a comerciantes na cidade. A expectativa do governo é de realizar os testes aos funcionários do estabelecimento, orientando o afastamento em caso de resultado positivo. A etapa ocorre após aplicar os procedimentos a motoboys, taxistas e motoristas de aplicativos, de transporte coletivo e de vans escolares, como a Uber e 99.

De acordo com o prefeito Atila Jacomussi, a ação é mais um exemplo de como Mauá faz um enfrentamento eficiente contra a Covid-19. “Fizemos muito e vamos fazer mais enquanto não vencermos definitivamente essa doença. Agora com a testagem em massa para as categorias mais expostas à pandemia, vamos ampliar o nosso trabalho de proteção à população”, afirmou.

Uma van percorrerá pontos estratégicos nos comércios, enquanto uma equipe passará de porta em porta para testar os comerciantes, a depender de sua vontade. Os locais previstos são a Praça XXII de Novembro (Centro), as avenidas Dom José Gaspar (Bairro Matriz), Castelo Branco (Jardim Zaíra), Barão de Mauá (Centro/Jardim Miranda), centros comerciais no Jardim Paranavaí, Jardim Itapeva, Jardim Feital, Parque das Américas, Jardim Oratório, Parque São Vicente e outros.

Nos últimos dias, a administração municipal testou 85 motoboys, 192 taxistas e 697 motoristas de aplicativo para carona. Todas as consultas ocorreram no Paço Municipal, pelo formato de drive-thru. “Precisamos acolher quem está na linha de frente no combate ao coronavírus. Fizemos esse trabalho aos profissionais da Saúde e não poderíamos esquecer de motoristas e comerciantes. Vamos seguir lutando pela nossa gente”, disse o prefeito.

Atila citou outras ações que o governo adotou ao longo da pandemia, como o Hospital Municipal de Campanha, que curou 3806 pacientes, e passou o atendimento para as quatro UPAs (Unidades de Pronto Atendimento) da cidade. Por sua vez, a rede convencional, que inclui também o Hospital de Clínicas Doutor Radamés Nardini, recuperou 2550 pessoas, conforme atualização do boletim divulgado nesta sexta-feira (21).

“Fomos a primeira cidade a instalar lavatórios públicos, modelo seguido por São Paulo, entregamos 450 mil máscaras de pano que podem ser usadas novamente após lavagem, fizemos o programa Feira Segura com normas para proteger feirantes e consumidores, além das barreiras sanitárias do Stop Corona em diversos pontos da cidade e lavagens de espaços públicos. Não vamos descansar até vencer esse inimigo invisível”, disse o prefeito.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s