Instituições desenvolvem filtro de ar condicionado capaz de reter partículas do novo coronavírus

Produto é desenvolvido pela Embrapii e pelo Senai.

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial (Embrapii) e o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (Senai) desenvolvem um projeto de filtro de ar condicionado capaz de reter partículas biológicas e evitar que elas se espalhem pelo ambiente. Segundo os pesquisadores à frente do projeto, o filtro pode evitar a dissipação do novo coronavírus.

De acordo com as instituições que financiam a iniciativa, os modelos de ar-condicionado disponíveis no mercado atualmente possuem diferentes tipos de filtros, que apenas atuam como barreira mecânica a poeiras ou partículas maiores suspensas no ar. Além disso, o protótipo de  filtro que está sendo produzido é reutilizável.

A Embrapii é uma organização social com contrato de gestão com diversos órgãos do governo federal.

Fonte: Brasil 61

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s