Donisete Braga, Vanessa Damo, Edilson de Paula e Junior Orosco viram réus na Lava Jato

Na matéria publicada pelo Jornal Diário do Grande ABC deste sábado dia 25 de julho, no texto de autoria do jornalista Raphael Rocha, reportagem explica que a Justiça Eleitoral aceitou denúncia do Ministério Público contra os quatro políticos de Mauá. Donisete Braga (PDT), Vanessa Damo (MDB), Junior Orosco (PDT) e Edilson de Paula do (PT).
Eles foram citados em delação premiada da Lava Jato por Guilherme Pamplona Paschoal, executivo na época da Odebrecht Ambiental, segundo ele por receberem pagamentos indevidos para garantir futuros acordos com a empresa.
Ainda na matéria Donisete disse estar tranquilo com relação ao processo, ele disse que nunca se encontrou com ninguém para ato ilícito, Orosco negou as irregularidades a ele imputadas. No caso de Vanessa e Edilson de Paula não houve retorno de ambos para pronunciamento.

Fonte: Jornal Diário do Grande ABC

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s