Em Minas Gerais, equipe da Fiocruz trabalha em vacina para covid-19

Feito em parceria com outras instituições, desenvolvimento laboratorial deve ser concluído em 2021

Uma equipe da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz) em Minas Gerais, composta por 15 pessoas, trabalha intensamente no desenvolvimento de uma vacina eficaz contra a covid-19. O trabalho é feito em parceria com a Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG), a Universidade de São Paulo (USP), a Faculdade de Medicina de Ribeirão Preto e o Instituto Butantã.

Segundo o coordenador da pesquisa, Alexandre Vieira Machado, o Instituto do Coração de São Paulo também participa. O trabalho usa como base outro vírus respiratório, que tem sintomas semelhantes aos causados pelo novo coronavírus.

A pesquisa ainda está longe de ser concluída. De acordo com os pesquisadores, o desenvolvimento laboratorial, com testes em camundongos, deve ser concluído no ano que vem. Só então tem início a fase clínica, que exige mais estrutura, pessoal especializado e condições sanitárias específicas.

Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), em todo o mundo, cerca de 200 cientistas trabalham no desenvolvimento de uma vacina contra a covid-19. Deste total, pelo menos oito já iniciaram a fase de testes em pessoas.

Reportagem, Thiago Marcolini

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s