O que adianta contemplar o Pão de Açúcar dentro de um cercado de miséria, violência e morte?

GAUDÊNCIO TORQUATO Não há nenhuma beleza na miséria. A frase é do angolano José Eduardo Agualusa e cai bem para o momento.  A fome que ataca milhões de seres humanos no planeta, principalmente no continente africano, é um espetáculo horripilante. As massas sofridas que habitam as áreas de lama e esgoto, nas margens das grandes e médias cidades do nosso país, mais de 50 milhões … Continuar lendo O que adianta contemplar o Pão de Açúcar dentro de um cercado de miséria, violência e morte?