Relatório deve apontar para interferência política e decisão antidemocrática da Fundação ABC na troca do superintendente do MarioCovas

Na manhã desta segunda-feira (07) a Comissão de Assuntos Relevantes da Câmara Municipal de Santo André, que apura possível interferência política por parte da Fundação ABC na indicação do novo superintendente do Hospital Mario Covas, se reuniu para discutir a elaboração do relatório final, que será apresentado e votado na próxima semana.

Tudo indica que o relatório final deve apontar interferência política e decisão antidemocrática.  “Após as oitivas, não constatamos ilicitude no processo de indicação do novo superintendente do hospital, mas não há dúvidas de que houve interferência política para a mudança do regimento interno da Fundação”, afirmou o vereador Eduardo Leite, presidente e relator da Comissão.

Além disso, os vereadores não identificaram motivação para a mudança repentina no método de escolha do superintendente do Hospital Mario Covas. “O melhor para garantir a autonomia do Hospital é o retorno do processo anterior de indicação”, finalizou Eduardo Leite.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s