Paralímpicos: décima terceira medalha de ouro em Tóquio, centésima da história

Marca foi alcançada com Yeltsin Jacques, que ganhou ouro na prova dos 1.500m T11.

Yeltsin Jacques correu os 1.500 metros rasos em 3 minutos e 57 segundos, guiado por Antonio Carlos Santos, e estabeleceu o novo recorde Paralímpico. Seu feito confere ao Brasil o décimo topo do pódio em Tóquio e a centésima medalha de ouro na história do país em Jogos Paralímpicos. 

Este foi, na verdade, o segundo ouro de Yeltsin, que disputa na Categoria T11, para cegos. A primeira, o jovem sul-mato-grossense conquistou também no Estádio Olímpico de Tóquio, nos 5 mil metros.

Até agora, os atletas brasileiros somam no Japão o total de 37 medalhas: 13 de ouro, nove de prata e 15 de bronze.

Fonte: Brasil 61

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s